O novo cenário de investimentos

Como investir após a aprovação da reforma da Previdência

No dia 3 de julho, a GGP reuniu quatro especialistas para debater como ficará o cenário de investimentos após a aprovação da reforma da Previdência. A conversa foi conduzida por José Márcio Camargo, economista da Genial Investimentos e membro do Comitê de Investimentos da GGP. Participaram também Pedro Jobim, economista-chefe e sócio-fundador da Legacy Capital, Rafael Zlot, sócio e gestor de Renda Fixa do banco Brasil Plural, e Paola Bonoldi, gestora de Renda Variável do banco Brasil Plural.


Paola Bonoldi, Rafael Zlot, José Márcio Camargo e Pedro Jobim.

Portfólios de investimento no Brasil têm, historicamente, mantido uma parcela relevante de sua alocação em renda fixa conservadora. Com os juros reais elevados praticados ao longo de vários anos, investia-se em ativos de baixo risco e ampla liquidez e, ainda assim, obtinha-se ganho real. Essa condição mudou e mudará ainda mais. A partir da pergunta “Como, daqui para frente, posicionar um portfólio de ativos brasileiros?”, os participantes desenvolveram comentários sobre as perspectivas para a economia e os ativos financeiros.


José Márcio demonstrou otimismo com o que está por vir. Nos últimos dois anos, o Brasil sofreu com choques que poderiam dificultar qualquer crescimento econômico. A greve dos caminhoneiros paralisou o país durante 15 dias, o preço da energia elétrica aumentou mais de 25% e o real sofreu forte desvalorização.


Ainda assim, a economia cresceu 1% e a taxa de inflação permaneceu estável, perto de 3,5% ao ano, demonstrando resiliência.



Leia o e-paper completo que preparamos



#josemarciocamargo #reformadaprevidencia #previdencia #reforma #comoinvestir

91 visualizações